Flui o Frio pra Pedra do Tigre PDF Imprimir E-mail
Escrito por Ruth Salles   

flui o frio
frente à fresta.
Frágil Flora
freme em febre.

Flui o frio pro tigre.
Frente à fresta, a floresta.
Frágil Flora, fremente,
freia a febre com o frasco.

Flui o frio pra pedra do tigre.
Frente à fresta, trepida a floresta.
Frágil Flora, fremente na praça,
freia a febre com o floco do frasco.

Consta do livro “Aprendendo com Poesia”

 

Creative Commons 3.0

Você pode copiar, distribuir, exibir e executar os conteúdos desta página, mas não pode utilizá-los com finalidades comerciais, não pode alterar, transformar ou criar outra obra com base nesta, e deve dar sempre o crédito ao autor original.

Leia Mais